Login

Register

Login

Register

Nossos produtos

Benefícios do Cacau

Cacau: o superalimento

A OMS sugere consumir 30g de chocolate amargo por dia como auxiliar no tratamento das doenças cardiovasculares.

Os anciãos dos povos antigos das Américas já conheciam os inúmeros benefícios das sementes de CACAU, que agora têm sido comprovados pela ciência. Abaixo citamos os principais deles.

Alegria e bem-estar

Por ser rico em substâncias como feniletilamina, que promovem o bom-humor e o sentimento de felicidade, o cacau funciona como um antídoto para a depressão. Por isso quem consome cacau pode ter as famosas crises de bom humor.

Um elixir da vida: viva mais e melhor

Sementes de cacau contêm uma das maiores concentrações de flavonóides da natureza. Flavonóides são substâncias antioxidantes, que neutralizam os radicais livres, ajudando a prevenir doenças e processos de envelhecimento. O cacau contém maior concentração dessas substâncias até mesmo do que vinho tinto, açaí e chá verde. Por isso, muitos o consideram a estrela entre os “superalimentos”, o “elixir da vida”, a “pedra filosofal” dos alquimistas, o “santo graal”… E também talvez por esse motivo ele tenha sido chamado de alimento dos deuses (daí o nome científico Theobroma Cacao) pelos povos antigos.

O sangue do coração

cacau in natura

O cacau é excelente para a saúde do coração e da circulação. É a fonte número 1 de magnésio, um mineral fundamental para o bom funcionamento do coração. Os astecas chamavam o cacau de Yollotl eztli, que significa “sangue do coração”. Diversos estudos têm demonstrado que o cacau funciona como um cardioprotetor, mantendo a saúde do coração e ajudando na prevenção de enfartes. Além disso, reduz a incidência de acidente vascular cerebral e de hipertensão arterial.

O cacau está sendo considerado o alimento da nova era, capaz de abrir o coração e despertar o sentimento de amor incondicional.

Atividade cerebral

Cacau melhora a oxigenação e o fluxo de sangue no cérebro e a atividade cerebral, por isso se diz que o cacau “clareia a mente”. Ele tem um papel potencial no tratamento e prevenção de doenças cerebrovasculares, tais como demência e derrame, e reduz o risco de doenças neurodegenerativas, doença de Alzheimer e a doença de Parkinson.

E muito mais

E as pesquisas indicam ainda que o cacau ajuda a aliviar o stress e melhorar as defesas do corpo e a saúde em geral, a reduzir o colesterol, prevenir o câncer, inibir o acúmulo de placa e formação de cárie, entre outros benefícios.

Referências utilizadas: Cacau e Saúde Humana, por pesquisadores da CEPLAC, e livros Superalimentos e Naked Chocolate, de David Wolf.

Atenção: a maioria dos chocolates no mercado contém pequena quantidade de cacau e são ricos em açúcares simples e leite, que podem neutralizar muitos desses efeitos. Para aproveitar ao máximo o potencial do cacau como superalimento, prefira consumir amêndoas de cacau inteiras ou em pedaços (nibs de cacau), ou chocolate sem leite com no mínimo 70% de cacau.